Projeto SER? Um projeto para a gente ser o que? Por que? Para quê?

Pois bem, o Gu (meu marido) diria: lá vem você com essa história de “ser”, “essência”…isso é muito paz e amor…e eu insistia: Mas e se for em Inglês – será que não passa?rs…

Enfim, depois de muito resistir ao termo “ser”, escolhi o “B.E. PROJECT” que era abreviação de  Business Evolution, uma proposta de uma consultoria para uma evolução no mundo dos negócios… Mas o que era essa tal evolução na prática? Levar mais de cada “ser” para as empresas. Ou seja, quando vi, lá estava o apelo de “trazer mais da essência de cada um para as empresas”, voltei ao ser… O Resultado? O projeto de montar uma consultoria de negócios com ênfase na essência de cada um, de cada colaborador, mais uma vez foi uma das minhas ideias mirabolantes que duraram poucas semanas afinal só era uma roupinha bem mais corporativa do que o que eu estava de fato afim de fazer como trabalho.

Aí então pensei em fazer um portal para ajudar as pessoas a se programarem para um sabático – a se jogarem no mundo holístico, de auto-conhecimento, viagens com significado e por aí vai – e então saí por aí conversando com meus pontenciais colunistas que no geral amaram as ideias, mas não me mandaram uma coluna escrita sequer na data combinada. 

Bem, foi aí é onde eu parei. Bem no meio de criar uma roupa bem corporativa, business e voltada a negócios que é algo que eu verdadeiramente gosto e acredito que pode ser feito de uma nova forma, e outra frente, totalmente voltada para o ser, para o auto-conhecimento, a compreensão da vida, da existência, do corpo e da alma…que é o outro assunto que me move hoje.

E foi então que comecei aceitar o que já estava rolando. O meu BE PROJECT pessoal já estava no ar. Meu projeto para “ser” eu mesma: mais autêntica, mais espontânea, mais livre, menos unânime, menos bem vista, menos “bem sucedida” (no sentido tradicional da palavra), já havia começado há mais ou menos uns 3 anos, quando eu deixei de ser a profissão que exercia de acordo com a minha formação acadêmica e passei a ser meio que “ninguém”.

Ao longo desse período eu criei diversas profissões para mim e respostas lindas para a tal da pergunta: “Mas o que você está fazendo Marcinha?”. Cada vez uma resposta melhor, que precisava de no mínimo 5 minutos para que eu justificasse (para mim mesma), porque cargas d’água eu ainda não estava abrindo uma nova agência de publicidade. E para que eu suportasse viver essa falta de identidade tão estranha (para mim: ex total workaholic) que era não ter um trabalho tradicional para chamar de meu.

A verdade é que fiz de tudo um pouco nesse tempo: atendi com leitura de aura, distribuí flyer na praia para atendimentos holísticos (não tive muito sucesso), fiz algumas consultorias em marketing, dei assessoria para pessoas que estavam montando novos negócios, fiz até casamentos, dei alguns cursos temáticos (de assuntos desafiadores que chegavam para mim, como o dinheiro), criei um mapa “essencial” (bem legal com numerologia e outras técnicas de auto-conhecimento), tive dois filhos, fiz comida, fiz novos amigos, morei em no mínimo uns 6 lugares diferentes, me desapeguei de uma casa e seus utensílios, tive alguns fins e recomeço do mesmo casamento e vivi quase que todo esse tempo em uma zona de desconforto tão grande que eu nunca podia imaginar que existisse…

E por outro lado, me reconectei com a vida, me vi sendo brilhante em algumas coisas e um desastre em outras. Me vi morando na praia que sempre sonhei e me vi sem um amigo perto para chorar no ombro, me vi morando na Europa e sentindo um vazio e um medo tão grande sobre o que seria da minha vida que não pude curtir todos os lugares incríveis que estive e nem a companhia deliciosa da minha mãe que tanto amo. Enfim, ganhei uma nova vida, inteiramente diferente do que eu havia programado para ser.

Mas aí você me pergunta: Se é tanto desconforto, por que eu quero te chamar para vir comigo nessa? Dois motivos. Primeiro porque aqui, nessa zona de desconforto tem muita coisa boa, tem muita vida, tem muito aprendizado e tem muita tentativa (acerto e erro), tem muito frio na barriga e muita, mais muita liberdade e diversão (se assim você conseguir levar). E em segundo lugar, porque eu estou indo na frente (sigo diariamente a meu BE Project), ou seja, vou trazer para você sempre o que eu acessar de melhor como “ferramenta” para dar suporte para a essa jornada. E é a partir daí que vamos trazer conteúdo! 

Então, o Be Project é mais ou menos assim: Um projeto para SER mais e programar menos (na mente), para viver mais o que tá rolando hoje na sua vida e controlar menos o que será amanhã, ter mais experiências e menos expectativas, mais tecnologia criativa e menos “eu não sei”, menos “um dia eu vou fazer isso”… 

Vamos para a liberdade, espontaneidade e autenticidade, mas necessariamente teremos que passar por responsabilidade, por dedicação e coragem para deixar para trás hábitos e crenças que em algum momento contribuíram para deixar sua vida estagnada (rotina chata), tensa (ansiedade contínua) ou depressiva (altos e baixos). 

E eu estou aqui para abrir o nosso caminho, para ir junto contigo 🙂 . Tanto com ferramentas, conteúdo e cursos, como com minhas auto-análises e minhas descobertas pessoais. Esse é meu convite! 

 

Marcia Mello

Sou apaixonada e estudiosa do universo humano e também entendo bastante de Marketing. Me sinto uma ponte para traduzir os conceitos “holísticos” para o “prático”. Aprendo questões humanas e busco trazê-las cada vez mais para o meu dia a dia, para a minha vida. A partir daí que compartilho e ensino o que estou aprendendo. Acredito em trabalho como a expressão mais pura e única da criatividade e do potencial de cada um! E vejo nos relacionamentos uma preciosidade para nos trabalharmos, diariamente. Meu trabalho é compartilhar o meu caminho de descoberta pessoal para inspirar a todos.

Pin It on Pinterest

Compartilhe isso!

Compartilhe nosso conteúdo com a sua rede.

Assine a nossa Newsletter

Não mandamos spam! Apenas conteúdo para virar a chave de mudança na sua vida. Quer mais realização e autenticidade? Então deixe seu melhor email conosco!

Deu certo! Enviamos agora um email de confirmação para você. É só acessar e clicar no link para entrar na lista! ;)